Prefeitura apresenta Sistema Municipal de Cultura e Plano Estratégico da Func para 2015

Servidores municipais, autoridades e conselheiros municipais participaram na manhã desta sexta-feira (23), no Teatro da Cidade, do encontro para apresentação do Plano de Gestão Estratégica da Fundação Municipal de Cultura (Func) para o exercício de 2015 e do Sistema Municipal de Cultura. Durante a reunião foram apresentadas as metas previstas pela Fundação para reestruturação dos processos produtivos, organização da carteira de eventos e implantação do Sistema Municipal de Cultura.
A reestruturação da dinâmica de trabalho da Func faz parte do alinhamento com a gestão do prefeito Edivaldo na melhoria das relações com a sociedade civil e na promoção de parcerias com a iniciativa privada.
"Queremos avançar no trabalho que vem sendo desenvolvido ao longo de dois anos na gestão do prefeito Edivaldo, de forma democrática, transparente e participativa, e, para isso, se torna importante este planejamento e revisão de metas", disse Marlon Botão, presidente da Func.
Na metodologia do plano de gestão foi criada uma comissão para reorganizar a dinâmica de trabalho dos diversos setores e equipamentos culturais da Func com o objetivo de aumentar em 40% o desempenho de produção da Fundação. Outro ponto importante é a maior aproximação da sociedade civil na compreensão do papel da instituição enquanto fomentadora de políticas culturais.
"A parceria com o Conselho Municipal de Cultura na formulação das políticas culturais foi fundamental para chegarmos até aqui. O trabalho agora é executarmos as ações que estão no Plano Municipal de Cultura para que a sociedade compreenda o papel fundamental da Func na promoção da cultura no município e não apenas como uma executora de eventos", enfatizou Botão.
SISTEMA MUNICIPAL DE CULTURA
Em dezembro do ano passado, quatro leis foram aprovadas na Câmara Municipal que regulamentam a criação do Sistema: a Lei nº 5.918, que institui o Sistema Municipal de Cultura e também cria o Sistema Municipal de Financiamento à Cultura e o Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais; a Lei nº 5.919, que altera a lei que regulamenta o Fundo Municipal de Cultura; a Lei nº 5.920, que altera a Lei de Incentivo à Cultura e a Lei nº 5.921, que institui o Plano Municipal de Cultura de São Luís.
O Sistema Nacional de Cultura tem como principal objetivo formular e implantar políticas públicas de cultura democráticas e permanentes na promoção dos direitos culturais e acesso aos bens e serviços culturais. "O sistema tem como principal benefício o fortalecimento de ações do estado e possibilitar a participação da sociedade nas decisões, com acordos federativos feitos diretamente com o município", explicou Elizandra Rocha, presidente da Comissão Municipal de Cultura e responsável pelo processo de implantação do Sistema Municipal de Cultura.

Transtorno do Espectro Autista

Direito de todos

Ajude a denunciar!