Final do Miss Universo ocorre neste domingo

Domingo é dia de torcer por Melissa Gurgel, representante brasileira na 63ª edição do Miss Universo. A final do evento ocorre em na Flórida, nos Estados Unidos, e será transmitida a partir das 23h pela Band. A apresentação será de Renata Fan e de Luiz Bacci, e a tradução simultânea de Malcom Forest e Simone Montgomery Troula. O canal por assinatura TNT também transmitirá o evento.

As atrações musicais do espetáculo, que será televisionado para mais de 200 países, ficarão por conta de Nick Jonas e Prince Royceque.

Melissa e as outras 87 candidatas estão nos Estados Unidos desde o início de janeiro sendo observadas, fazendo books fotográficos (de biquíni, com vestidos de gala e com as bandeiras dos países), passando por vários testes e participando de ensaios.

A vencedora receberá a coroa das mãos da atual Miss Universo, a venezuelana Gabriela Isler, e será embaixadora da organização na educação e prevenção da aids em todo o mundo. 


Na segunda-feira, as misses passaram por uma entrevista. Na quarta-feira à noite, gravaram o tradicional desfile de traje típico. Melissa usou figurino nas cores branca, azul e verde, criado pelo famoso estilista mineiro Alexandre Dutra. A roupa representa as águas do Brasil. Ainda na quarta-feira, aconteceu a pré-eliminatória do concurso. As 88 candidatas desfilaram em traje de gala e em traje de banho para os jurados fazerem a seletiva das 15 semifinalistas.

Melissa Gurgel tem 20 anos e foi eleita Miss Ceará em 2014 e, em seguida, Miss Brasil. Ela trancou a graduação na faculdade de Design de Moda para se dedicar ao concurso. No ano passado, causou espanto ao revelar ser virgem. Também chamou a atenção pela altura: 1m68cm, uma das mais baixas do concurso.

Se vencer a disputa, Melissa será a terceira brasileira a conquistar o título de beleza máxima, alcançados apenas por Ieda Vargas, em 1963, e por Martha Vasconcellos, em 1968.

Quatro motivos para não perder a festa:

1) Torcer por Melissa Gurgel. O Brasil vem fazendo bonito nas últimas edições. Nos últimos três anos, conquistou um terceiro lugar com Priscila Machado, e dois quintos lugares, com Gabriela Markus e Jakelyne Oliveira.

2) Os vestidos de gala maravilhosos que deixam qualquer mulher babando (e os homens também,porque tornam ainda mais lindas as misses).

3) O desfile de trajes típicos que encanta os olhos e mostra um pouco da cultura dos países.

4) As clássicas perguntas para as cinco finalistas, que, geralmente, são respondidas com um festival de clichês. Este ano, aliás, uma das perguntas será feita por um internauta.

Transtorno do Espectro Autista

Direito de todos

Ajude a denunciar!