A liderança de Flávio Dino incomoda...


Por Samuel Bastos

Quem acompanha o noticiário, principalmente os blogs, não tem como não ficar estupefato com a fúria do bombardeio da mídia sarneysista contra o Presidente da Embratur Flávio Dino. Também pudera, durante décadas conseguiram ditar normas, induzir as escolhas e impor opiniões… no entanto os tempos são outros.

Esqueceram a velha regra da física onde a força da ação corresponde a da reação. Não estavam preparados para terem seus factóides rebatidos um a um e perdem o equilíbrio sempre que surge uma notícia positiva para a oposição. Pior do que isso, tentam desmerecer os veículos da mídia nacional que colaboram nas denúncias das mazelas do Estado provocados pelos quase cinqüenta anos de domínio da única oligarquia que subsiste no país.

Para os aliados do clã não há espaço para quem discorde. Se for político a vida sofre uma devassa, se for partido seus integrantes são achincalhados e se for imprensa tem sua atuação reduzida a pó. O desespero é visível já que mesmo com toda essa metralhadora giratória disparando para todos os lados, o comunista permanece firme. E é justamente por isso que Roseana Sarney (PMDB) tem se recusado a aceitar que os institutos de pesquisa não consigam divulgar uma única pesquisa que mostre queda de seu principal adversário.

Tem sido inaceitável para o Palácio dos Leões admitir que Luis Fernando mesmo fantasiado de governador e com parte da grande mídia ao seu dispor, não consiga decolar e melhorar sua performance perante a opinião pública. Pela primeira vez na história recente a máquina estadual a menos de um ano da eleição ainda não conseguiu mostrar sua força e operar o milagre de melhorar os números.

Como não conseguem fazer o candidato do governo crescer na opinião pública a estratégia é tentar pelo menos desgastar a imagem de quem resolveu proclamar essa tal de mudança. A ordem é atacar quem está mostrando cacife para impedir as bodas de ouro do mando de Sarney no Maranhão, já que no Amapá parece que o mando já tem dia e hora para terminar.

E por falar em Sarney, até ele tem dado demonstrações claras de que se incomoda com a performance de Dino. De estadista conciliador e católico praticante, o ex-presidente resolveu mostrar a face e em sua coluna de domingo chamou seus oposicionistas de bocas do diabo. Contraditório não para quem prega a religiosidade e a democracia? Talvez porque nem ele esteja mais conseguindo mostrar sua força lá em cima ou porque esteja com receio de ter que assistir Roseana quebrar todo o porcelanato da mansão do Calhau mais uma vez, da mesma forma que fez em 2006 quando perdeu a eleição para Jackson Lago segundo contam por ai.

A análise rápida que se faz disso tudo é que todos os ataques da mídia sarneysista só mostram o quanto a liderança de Flávio Dino incomoda senão não haveria necessidade dessa tentativa de execração midiática contra o comunista e seus aliados. Pelo visto estão lhe dando com uma boa massa de pão: quanto mais batem, mais ele cresce…




Fonte: http://www.portalgaditas.com.br/eita-flavio-dino-que-incomoda/

Transtorno do Espectro Autista

Direito de todos

Ajude a denunciar!